Sobre

Nota da Autora

A escolha do meu nome se deu quando meu pai ouviu William Bonner mencionar um município brasileiro no Estado de São Paulo, chamado Lorena.  Sempre digo que o meu encontro com o jornalismo se deu desde esse momento.

Aos 16 anos, o jornalismo me chamou atenção, e cada vez mais me interesso por essa área. Durante os quatro anos estudando na Universidade Católica de Pernambuco, vi os diversos meios em que o jornalismo pode se encaixar. Tive o prazer de conviver, conhecer e entrevistar pessoas incríveis, além de aprender com mestres que marcaram minha trajetória e hoje tenho um carinho muito especial para com eles.

Sou muito grata a Deus por tudo que ele tem me proporcionado, e toda minha família, em especial, minha mãe, Maria Helena, Ozeas Alves, meu pai, e minha irmã, Larissa Lima, que sempre me apoiaram e diante de todas as dificuldades, incentivaram e motivaram a continuar.

Também agradeço aos meus amigos de dentro e fora da graduação, que me deram força nessa trajetória.

E, claro, não poderia deixar de mencionar a minha orientadora, a qual tenho grande admiração e carinho, Carolina Monteiro, que não me deixou desistir e contribuiu para minha conclusão. Por último, mas não menos importante, minha total gratidão também  ao webdesigner mais paciente e criativo que já conheci, Jota Bosco.