Elas nos inspiram

Luciana Mariano

Jornalista

“A profissional que me motiva sem dúvida alguma é a Regiani Ritter. Me lembro que foi no jogo Ponte Preta e Palmeiras, no Moisés Lucarelli. Ela me viu pela primeira vez, ela foi me abordar e disse ‘quer dizer que você é a menina que tá fazendo futebol no interior’? Eu cobri o paulista de Jundiaí, curiosamente nesse dia fui escalada pra fazer esse jogo, eu falei ‘é sou eu’ e ela falou: ‘olha, eu quero que você trabalhe comigo. Vou me aposentar e preciso de alguém que me substitua’. Ela me levou pra São Paulo, me apresentou para Solange Serpa, que era Diretora de Esportes da Rádio Gazeta e a partir daí começou minha carreira há 25 anos atrás, e ela é muito inspiradora, porque a Regiani é uma pessoa perfeccionista, é profissional ao extremo e eu aprendi demais com ela, demais, demais, tanto que nunca, jamais vou ter como retribuir, talvez com um milkshake de morango, que ela ama e um mac kitchen, que ela ama. Então ela é sem dúvidas, uma musa inspiradora, uma mulher resistente que venceu todo tipo de preconceito e conseguiu seguir adiante, ela é demais”.

Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Google/Reprodução da internet

Virna Dias

Ex-jogadora de vôlei da Seleção Brasileira

“Uma grande atleta que me inspirou foi a Isabel, quando ela jogava vôlei, sempre sonhava em ser igual a Isabel”

Verônica Silva Hipólito

Velocista paralímpica

“Tenho muitas ídolas no alto rendimento, Marta, Formiga e a Andressa são algumas delas. Estão desbravando um meio super machista e fazendo história. A Etiene Medeiros, Aline Silva, Fe Garay, todas elas de cabeça levantada e firmes em seus objetivos. Espero, um dia, ser tão inspiradoras quanto elas”.

Foto: Google/Reprodução da internet
Foto: Google/Reprodução da internet

Amanda Netto

Esgrimista

“Nunca quis ser igual a ninguém, digo isso porque busco sempre ser melhor que a minha versão do dia anterior. Treino muito para ser a melhor atleta que eu puder. Mas vejo comportamentos de atletas que me inspiram pela competitividade, pelo espírito esportista e dedicação. Hoje em dia me inspiro nas atletas do UFC, em exemplo seria a Amanda Nunes, uma brasileira que vem representando a força menina no esporte”!

Adrianinha

Ex-jogadora de basquete

“Eu sempre fui muito fã da Paula, e sou tão abençoada que joguei com ela. A Magic Paula. E ela me ensinou muito, com a humildade dela, o respeito ao próximo”.

Foto: Lorena Lima